Agronegócio pede a Temer integração do MDA à Agricultura e fim da Conab

28 abr 2016

Da Agência Estado:

Representantes do agronegócio que se reuniram na tarde desta quarta-feira, 27, com o vice-presidente da República, Michel Temer, fizeram propostas para que ele, ao assumir a Presidência, no eventual afastamento de Dilma Rousseff, integre o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) à Pasta da Agricultura e avalie a necessidade de manter a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

No documento de sete páginas entregue ao vice, os ruralistas sugeriram que os programas sociais do MDA sejam levados para o Ministério do Desenvolvimento Social. A proposta do setor do agronegócio se assemelha ao que a ministra da Agricultura, Kátia Abreu, vem propondo, a partir de projetos que a Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) defende no Congresso. Entre as medidas está a criação de uma Política Agrícola Plurianual, projeto que Kátia Abreu tenta tirar da gaveta antes da votação da admissibilidade do processo de impeachment no Senado, programado para o início de maio.

Eles também querem mudanças na legislação para estimular a entrada de capital externo para financiar a agricultura por meio de adequações dos títulos do agronegócio, principalmente por meio dos Certificados de Recebíveis Agrícolas (CRAs) e Cédula de Produto Rural (CPR). O objetivo é que esses papéis sejam indexados ao dólar para diminuir o risco ao investidor estrangeiro. A proposta já estava em estudo no governo Dilma Rousseff e contava com a simpatia do Ministério da Agricultura e do Banco Central. Entre outras coisas, representantes do agronegócio também pediram a revogação da decisão que torna obrigatória a contratação de seguro rural em operações de crédito a partir a partir de 1 de julho.

Ainda no segmento de produtos financeiros, os ruralistas querem a criação dos Fundos de Investimento no Agronegócio (FIAs), que seriam semelhantes aos Fundos de Investimento Imobiliário. O grupo também pede paridade de custos entre cartórios no registro dos instrumentos que formalizam as operações de crédito rural. Além disso, defendeu a implantação de uma Central de Gravames.

Compartilhar

Anna Ruth

Anna Ruth Dantas é jornalista, apresentadora do programa RN Acontece, da Band Natal; produz e apresenta o programa Jornal da Cidade, da Rádio Cidade (94 FM - Natal), e apresenta o programa Panorama do RN (em rede com 16 emissoras de rádio do Rio Grande do Norte). Jornalista de grande credibilidade, atua também como consultora e ministra cursos de midia trainning na Trilhar Educação Corporativa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *