Associação dos Auditores aponta que Prefeitura de Natal teve aumento de 40% nas suas receitas

01 dez 2016

Os repasses de FPM e ICMS para a Prefeitura de Natal tiveram um aumento de 40,86% – acima da inflação dos últimos 12 meses – em novembro de 2016 em relação a novembro de 2015. O levantamento foi feito pela Associação dos Auditores do Tesouro Municipal de Natal (ASAN) com base no portal do Banco do Brasil. Os dados revelam que a queda nos repasses de FPM e ICMS – citada pela Prefeitura de Natal como a causa para a crise que afeta as finanças municipais – não é real.
O Banco do Brasil é o responsável por gerenciar as transferências constitucionais. Em novembro de 2016, de acordo com o portal do BB, foram repassados à Prefeitura de Natal R$ 34,8 milhões referentes ao Fundo de Participação dos Municípios (FPM). O valor tem um incremento de mais de 60%, acima da inflação, em relação a novembro de 2015, estando incluídos os valores da repatriação, originários de tributos arrecadados pela União.
Já a transferência do ICMS – Imposto sobre Circulação de Mercadorias – arrecadado pelo Governo do Estado e repassado à Prefeitura de Natal, apresentou, também, em novembro de 2016 um aumento real, acima da inflação, da ordem de 19,66%, em relação ao mesmo período do ano anterior.

Compartilhar

Anna Ruth

Anna Ruth Dantas é jornalista, apresentadora do programa RN Acontece, da Band Natal; produz e apresenta o programa Jornal da Cidade, da Rádio Cidade (94 FM - Natal), e apresenta o programa Panorama do RN (em rede com 16 emissoras de rádio do Rio Grande do Norte). Jornalista de grande credibilidade, atua também como consultora e ministra cursos de midia trainning na Trilhar Educação Corporativa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *