Delcídio diz que família de Cerveró recebeu R$ 250 mil de Bumlai a pedido de Lula

02 Mai 2016

Da Agência Estado:

A defesa do senador Delcídio Amaral (sem partido-MS) afirmou, em alegações finais, ao Conselho de Ética do Senado, onde é alvo de processo por cassação, que a família do ex-diretor da área Internacional da Petrobras Nestor Cerveró recebeu R$ 250 mil do pecuarista José Carlos Bumlai, “por interferência do ex-presidente Lula”. Segundo os advogados do senador, Lula “pediu expressamente” a Delcídio que ajudasse Bumlai, amigo do petista.

Alegações finais são a parte derradeira do processo, em que há as últimas acusações, e as defesas apresentam suas argumentações e pedidos a serem considerados por quem julga.

Delcídio Amaral foi preso em 25 de novembro do ano passado por decisão do Supremo Tribunal Federal a pedido da Procuradoria-Geral da República. Em conversa gravada por Bernardo Cerveró, filho do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró (Internacional), o senador foi flagrado discutindo um plano para obstruir a Lava-Jato.

Segundo Delcídio, a família de Cerveró o chantageou. O documento aponta que “vários contatos foram feitos”, mas que o senador “não tinha como atender as ‘solicitações’, porque estava devendo muito em função da campanha eleitoral de 2014”.

“É aí que entra em cena um personagem decisivo de toda a história: o ex-presidente Lula! Foi ele quem pediu expressamente a Delcídio Amaral para ‘ajudar’ Bumlai porque, supostamente, ele estaria implicado nas delações de Fernando Soares e Nestor Cerveró”, relata a defesa.

Compartilhar

Anna Ruth
Anna Ruth

Anna Ruth Dantas é jornalista, apresentadora do programa RN Acontece, da Band Natal; produz e apresenta o programa Jornal da Cidade, da Rádio Cidade (94 FM - Natal), e apresenta o programa Panorama do RN (em rede com 16 emissoras de rádio do Rio Grande do Norte). Jornalista de grande credibilidade, atua também como consultora e ministra cursos de midia trainning na Trilhar Educação Corporativa.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *