Ministro da Justiça diz que greve dos caminhoneiros é política e que PRF agirá com rigor

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
10 Nov 2015

Do Estado de Minas:

O Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, afirmou nesta segunda-feira que o movimento de greve dos caminhoneiros tem viés “indiscutivelmente político” e que a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e o Ministério de Justiça “vão agir com rigor”. “Não há uma pauta de reivindicações, nós não temos possibilidade de negociar em cima de questões que não são apresentadas. É uma pauta política que é alimentada por pessoas que querem fazer uma ação política, e nós lamentamos que seja assim”, afirmou. Cardozo ainda disse que os que estiverem parados nas estradas serão multados em cerca de R$ 1.900,00 e, no caso de interdição, a PRF está autorizada para agir.

O ministro ainda afirmou que o movimento está ferindo o direito de ir e vir das pessoas, inclusive de outros caminhoneiros. Cardozo disse ainda que por ter esse apelo político o movimento não tem conseguido boa adesão, inclusive, porque não tem o apoio dos sindicatos e entidades que representam a categoria. “Nós não podemos admitir que um movimento político, sem nenhum viés corporativo para a categoria dos caminhoneiros, possa trazer prejuízo para a sociedade brasileira”.

De acordo com boletim divulgado pela PRF na tarde desta segunda-feira, seis pontos em rodovias que passam por Minas tiveram registro de interdição parcial. Os protestos foram convocados pelo Comando Nacional do Transporte, que se declara independente de sindicatos. Em Minas os atos estão sendo realizados na BR-381 no KM 359, em Bom Jesus do Amparo, no KM 398, em João Monlevade, e no KM 513, no município de Igarapé. Na BR-262 é o KM 412, em Igaratinga, que tem manifestação da categoria. Já na BR-040 os motoristas de caminhão se concentram em Conselheiro Lafaiete, na altura do KM 627, e em Sete Lagoas, no KM 466.

A greve foi convocada pelo Comando Nacional do Transporte, que se declara independente de sindicatos. No comunicado distribuído no fim do mês passado, os trabalhadores informaram que a manifestação conta com o apoio de grupos que pedem a saída de Dilma da Presidência, como o Movimento Brasil Livre, o Vem Pra Rua, o Revoltados OnLine e o Movimento Brasil Livre (MBL).

Ainda segundo informações da PRF, no começo da manhã foram registrados alguns tumultos na BR-381, em Igarapé, com caminhoneiros se recusando a parar o que resultou em veículos danificados. Motoristas relatara, que sofreram ameaças e foram obrigados à aderir ao movimento. 

Compartilhar

Anna Ruth
Anna Ruth

Anna Ruth Dantas é jornalista, apresentadora do programa RN Acontece, da Band Natal; produz e apresenta o programa Jornal da Cidade, da Rádio Cidade (94 FM - Natal), e apresenta o programa Panorama do RN (em rede com 16 emissoras de rádio do Rio Grande do Norte). Jornalista de grande credibilidade, atua também como consultora e ministra cursos de midia trainning na Trilhar Educação Corporativa.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *