Presidente do Banco Central diz esperar inflação de 4,5% em 2017

Presidente do Banco Central diz esperar inflação de 4,5% em 2017
29 jun 2016

Blog do Kennedy

Na primeira entrevista no cargo de presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn falou grosso nesta terça-feira. Ele disse esperar que a inflação chegue ao centro da meta, que é de 4,5% ao ano, até o final de 2017.

Para que a inflação caia tanto até o final de 2017, dificilmente haverá queda dos juros ainda neste ano, como deseja o presidente interino, Michel Temer. Em entrevista na semana passada, Temer afirmou que esperava nos próximo meses uma queda da taxa básica de juros, atualmente em 14,25% ao ano.

No entanto, a inflação de 2016 continua num patamar alto. Deve terminar o ano por volta de 7%. Se admitir agora uma taxa acima do centro da meta, Ilan Goldfajn não conseguirá baixar os juros nem derrubar a inflação.

Portanto, é natural que o novo presidente do Banco Central aja com dureza no começo do trabalho. O Brasil conviveu com inflação muita alta durante todo o governo Dilma. Ilan Goldfajn está tentando influenciar as expectativas para conter a alta dos preços.

Compartilhar

Anna Ruth
Anna Ruth

Anna Ruth Dantas é jornalista, apresentadora do programa RN Acontece, da Band Natal; produz e apresenta o programa Jornal da Cidade, da Rádio Cidade (94 FM - Natal), e apresenta o programa Panorama do RN (em rede com 16 emissoras de rádio do Rio Grande do Norte). Jornalista de grande credibilidade, atua também como consultora e ministra cursos de midia trainning na Trilhar Educação Corporativa.

Deixe uma resposta