PSDB e DEM ameaçam abandonar o barco de Eduardo Cunha

02 out 2015

O passatempo de parlamentares em plenário nesta quinta-feira era listar colegas que, a exemplo de Cunha em sessão da CPI da Petrobras, foram alvo de desagravo quando vítimas de denúncias incipientes. Demóstenes Torres, José Roberto Arruda e Luiz Estevão figuravam na relação. Todos, passado alguns meses, “desabaram”. A informação é de Vera Magalhães, na Folha de .Paulo desta sexta-feira.

Segundo a colunist, a promessa de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) de que decidirá sobre todos os pedidos de impeachment –inclusive o de Hélio Bicudo– em até 15 dias foi vista como a última cartada do presidente da Câmara na tentativa de manter a oposição ao seu lado. PSDB e DEM, no entanto, já fizeram chegar ao peemedebista que, tão logo e se aparecer prova de que ele mentiu em depoimento à CPI da Petrobras e tem mesmo conta no exterior, o alinhamento hoje vigente vai ruir.

O efeito na oposição sobre as revelações do dinheiro de Cunha no exterior foi assim resumido por um deputado: “Resta agora rezar para que a conta só apareça mesmo depois da votação do impeachment”.

Aliados de Dilma Rousseff lembram que, toda vez que o peemedebista se sentiu por algum motivo encurralado, veio uma reação forte contra o Planalto.

Compartilhar

Anna Ruth

Anna Ruth Dantas é jornalista, apresentadora do programa RN Acontece, da Band Natal; produz e apresenta o programa Jornal da Cidade, da Rádio Cidade (94 FM - Natal), e apresenta o programa Panorama do RN (em rede com 16 emissoras de rádio do Rio Grande do Norte). Jornalista de grande credibilidade, atua também como consultora e ministra cursos de midia trainning na Trilhar Educação Corporativa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *