PT considera Lula preso político e pede reação: ‘não podemos deixar barato’

04 mar 2016

Do Estadão Conteúdo:

Na primeira reação contra operação Aletheia da Polícia Federal (PF) e do Ministério Público Federal (MPF) contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o Partido dos Trabalhadores publicou na manhã desta sexta-feira (4), no microblog Twitter, um post no qual o classifica como “preso político” e pede reação dos militantes e seguidores.

“#LulaPresoPolítico. Não podemos deixar barato. Precisamos todos reagir. Agora!”, informa o PT no perfil @ptbrasil.

A ação da PF, a pedido do MPF, praticamente dominava os assuntos comentados do Twitter, com três posts entre os dez mais citados. Além da hashtag #Aletheia liderando, outras citações como Instituto Lula e Condução Coercitiva também estavam entre os mais comentados.

O PT também publicou, nas redes sociais, um vídeo do presidente nacional do partido, Rui Falcão, convocando a militância para defender o ex-presidente Lula. De acordo com ele, “o momento é de reflexão, de mobilização, de vigília”. Rui Falcão ainda considerou a operação como “espetáculo midiático” e “policialesca”

Compartilhar

Anna Ruth
Anna Ruth

Anna Ruth Dantas é jornalista, apresentadora do programa RN Acontece, da Band Natal; produz e apresenta o programa Jornal da Cidade, da Rádio Cidade (94 FM - Natal), e apresenta o programa Panorama do RN (em rede com 16 emissoras de rádio do Rio Grande do Norte). Jornalista de grande credibilidade, atua também como consultora e ministra cursos de midia trainning na Trilhar Educação Corporativa.

Comentários

  1. Avatar poeta cypriano maribondo : 4 de março de 2016 às 14:24

    Não apenas ir as ruas, precisamos acabar com esta corja de fascistas do DEM e do PSDB, usando todas as opções possiveis, até, infelizmente, uma gerra civil.

Deixe uma resposta