Senador José Agripino reúne bancada de oposição para debater suposta delação de Delcidio

Senador José Agripino reúne bancada de oposição para debater suposta delação de Delcidio
04 mar 2016

Líderes da oposição se reuniram ontem em caráter de urgência para definir a linha de atuação, após a divulgação da delação do senador Delcídio Amaral (PT) pela revista Istoé.

Para o líder da oposição no Senado e presidente do DEM, senador José Agripino (RN), se confirmados os termos da delação, o governo Dilma “acabou”. “Diante desse contexto, o impeachment torna-se inexorável porque não tem para onde correr”, afirmou o senador.

Agripino rebateu as declarações do governo que desqualificou as informações divulgadas nesta quinta-feira pela revista Istoé. “Descredenciar uma delação como essa de Delcídio é trabalho inglório, não vão conseguir. O que falta é apenas a prova e a homologação pelo STF”, disse o líder.

De acordo com o parlamentar, não é possível contestar tamanha riqueza de detalhes apresentados pela revista. “Na delação premiada, Delcídio Amaral acusa a presidente Dilma Rousseff de atuar três vezes para interferir na Operação Lava Jato por meio do Judiciário. O ex-líder do governo no Senado também afirmou que o ex-presidente Lula tinha pleno conhecimento dopropinoduto instalado na Petrobras e agiu direta e pessoalmente para barrar as investigações”, concluiu.

Ao deixar a reunião, o democrata anunciou que será feito o aditamento ao pedido de impeachment que já tramita na Câmara dos Deputados, acrescentando os novos dados revelados na delação do senador petista Delcídio Amaral.

DSC_6755

Compartilhar

Anna Ruth

Anna Ruth Dantas é jornalista, apresentadora do programa RN Acontece, da Band Natal; produz e apresenta o programa Jornal da Cidade, da Rádio Cidade (94 FM - Natal), e apresenta o programa Panorama do RN (em rede com 16 emissoras de rádio do Rio Grande do Norte). Jornalista de grande credibilidade, atua também como consultora e ministra cursos de midia trainning na Trilhar Educação Corporativa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *