Setor público tem déficit primário de R$ 7,318 bilhões em setembro

29 out 2015

Da Agência Estado:

O setor público consolidado (Governo Central, Estados, municípios e estatais, com exceção da Petrobras e Eletrobras) apresentou déficit primário de R$ 7,318 bilhões em setembro, após registrar um rombo de R$ 7,310 bilhões em agosto, de R$ 10,019 bilhões em julho e de R$ 9,323 bilhões em junho. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira, pelo Banco Central.

O resultado deficitário do mês passado ficou bem menor do que o de setembro de 2014, quando houve déficit de R$ 25,491 bilhões. O déficit primário consolidado do mês passado ficou menor do que a mediana deficitária de R$ 8,350 bilhões, apurada pelo AE Projeções com 12 instituições financeiras que previam um intervalo que ia de -R$ 10,6 bilhões a -R$ 5,7 bilhões.

O resultado fiscal de setembro foi composto por um déficit de R$ 6,840 bilhões do Governo Central (Tesouro Nacional, Banco Central e Previdência). Os governos regionais (Estados e municípios) influenciaram o montante positivamente com R$ 415 milhões no mês. Enquanto os Estados registraram um superávit de R$ 634 milhões, os municípios tiveram déficit de R$ 219 milhões.

Déficit primário no ano

O setor público consolidado apresentou déficit primário de R$ 8,423 bilhões, 0,20% do PIB, de janeiro a setembro, segundo o Banco Central. O resultado do acumulado do ano é melhor que o de idêntico período de 2014, quando o déficit somava R$ 15,286 bilhões (0,38% do PIB).

O resultado fiscal do período foi composto por um déficit de R$ 21,725 bilhões do Governo Central. Os governos regionais (Estados e municípios) contribuíram com superávit de R$ 16,367 bilhões nos nove meses. Enquanto os Estados registraram um ganho de R$ 14,494 bilhões, os municípios tiveram saldo positivo de R$ 1,873 bilhões. Já as empresas estatais registraram déficit primário de R$ 3,066 bilhões.

Em 12 meses, o déficit primário está em R$ 25,673 bilhões, o equivalente a 0,45% do PIB. O maior rombo vem do Governo Central (R$ 22,726 bilhões, ou 0,40% do PIB). Os governos regionais tiveram ganhos de R$ 2,517 bilhões. Isso porque os Estados tiveram déficit de R$ 246 milhões, mas os municípios registraram saldo positivo de R$ 2,763 bilhões.

Compartilhar

Anna Ruth
Anna Ruth

Anna Ruth Dantas é jornalista, apresentadora do programa RN Acontece, da Band Natal; produz e apresenta o programa Jornal da Cidade, da Rádio Cidade (94 FM - Natal), e apresenta o programa Panorama do RN (em rede com 16 emissoras de rádio do Rio Grande do Norte). Jornalista de grande credibilidade, atua também como consultora e ministra cursos de midia trainning na Trilhar Educação Corporativa.

Deixe uma resposta