Temer cogita volta da CPMF após impeachment

Michel Temer FOTO: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
29 jun 2016

Leandro Mazzini – Coluna Esplanada

A proposta de ressuscitar a CPMF não está enterrada.

A equipe econômica do Governo Michel Temer aguarda o desfecho do impeachment e, se Temer ficar, vai chamar os líderes aliados para traçar estratégia de votação-relâmpago do imposto.

Com a palavra, a Fiesp, apoiadora incondicional de Temer e contra aumento de impostos.

As cúpulas dos partidos aliados da presidente afastada Dilma Rousseff – PDT, PCdoB e parte do PT – estudam lançar um manifesto em defesa da antecipação das eleições.

Esperam que novos episódios atinjam o governo Michel Temer e miram o apoio de parlamentares com perfil independente.

Mas nem o PT quer mais a volta de Dilma. Numa recente reunião, só o ex-ministro Aloizio Mercadante defendeu o retorno dela ao Poder.

Compartilhar

Anna Ruth
Anna Ruth

Anna Ruth Dantas é jornalista, apresentadora do programa RN Acontece, da Band Natal; produz e apresenta o programa Jornal da Cidade, da Rádio Cidade (94 FM - Natal), e apresenta o programa Panorama do RN (em rede com 16 emissoras de rádio do Rio Grande do Norte). Jornalista de grande credibilidade, atua também como consultora e ministra cursos de midia trainning na Trilhar Educação Corporativa.

Deixe uma resposta