Veto sobre circulação de ônibus de turismo em faixas exclusivas é mantido

Veto sobre circulação de ônibus de turismo em faixas exclusivas é mantido
09 Out 2019

Por 16 votos a favor e 9 contra, os vereadores de Natal mantiveram durante a Sessão Ordinária desta terça-feira (08), Veto Integral do Poder Executivo ao Projeto de Lei N° 110/2018, de autoria do vereador Ney Lopes Júnior (PSD), que autorizava que os veículos de transporte turístico circulassem nos corredores exclusivos para ônibus na capital potiguar. 

De acordo com o líder do Poder Executivo, vereador Kleber Fernandes (PDT), a iniciativa apresentada pelo colega foi a melhor, mas que nesse momento é preciso entender que a prioridade é a circulação do transporte público de passageiros. 

“As faixas exclusivas de ônibus têm o objetivo de garantir fluidez no trânsito para quem utiliza o transporte público coletivo de massa, o trabalhador que precisa chegar cedo ao trabalho, o que depois de uma jornada cansativa faz um percurso longo e precisam dessa fluidez, dessa celeridade. Então o transporte turístico é mais lento, vão expor os monumentos da cidade, espaços públicos, e quando esse tipo de transporte ocupa a faixa exclusiva acaba tirando a fluidez e a celeridade de quem utiliza o transporte de massa, então por essa razão, o poder Executivo vetou o Projeto de Lei”, explicou Kleber. 

Segundo o vereador Ney Lopes Junior, autor do Projeto, a iniciativa era garantir mais celeridade ao transporte dos turistas no trânsito da cidade garantido mais conforto aos visitantes. 

“Infelizmente o Projeto que eu apresentei foi mantido o veto pela maioria dos meus colegas vereadores, que eu respeito à posição de cada um, no entanto eu discordo, pois nós temos o turismo como a nossa principal atividade econômica e essa prática de faixa exclusiva para transporte coletivo turístico já é uma prática que ocorre em cidades de grande volume turístico, que contribui inclusive com a cidade, com a geração de renda, emprego, com a geração de oportunidade de novas pessoas empregarem suas famílias. Então, meu intuito foi contribuir com a cidade tanto na geração de emprego e renda, bem como fazer com que o turista se sinta mais confortável e bem acolhido até para que ele retorne”, enfatizou Ney Lopes. 

Os parlamentares ainda derrubaram por consenso e unanimidade o Veto Integral do Poder Executivo, ao Projeto de Lei N° 133/2018, de autoria da vereadora Carla Dickson (PROS), que trata da autorização da criação do Fundo Municipal de Garantia dos Direitos das Mulheres. A vereadora autora ressaltou a importância do Projeto. 

Compartilhar

Anna Ruth
Anna Ruth

Anna Ruth Dantas é jornalista, apresentadora do programa RN Acontece, da Band Natal; produz e apresenta o programa Jornal da Cidade, da Rádio Cidade (94 FM - Natal), e apresenta o programa Panorama do RN (em rede com 16 emissoras de rádio do Rio Grande do Norte). Jornalista de grande credibilidade, atua também como consultora e ministra cursos de midia trainning na Trilhar Educação Corporativa.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *